Depoimento de Ygor da Silva Coelho


''Era sábado. Saímos para jantar em um conhecido restaurante italiano de Salvador. No percurso notei que quase todas as rádios tocavam músicas de Michael Jackson, numa homenagem espontânea ao rei do pop, falecido inesperadamente na quinta feira.

No restaurante italiano, o som ambiente também homenageava Michael Jackson. Imaginei que os bares da cidade, sem exceção, estariam executando naquele momento as músicas do ídolo norte-americano e me programei para participar daquela homenagem ainda naquela noite.

Flagrantes do Rei


Passando por Bangkok, na Tailândia, em 1996.

Exposição sobre Michael Jackson


Uma série de exposições no MoAD - Museu da Diáspora Africana - olha para Michael Jackson através da lente do "colonialismo mental", e na construção da narrativa na África. Para isso chega Todd Gray - o primeiro fotógrafo oficial de Michael Jackson - analisando o Rei do Pop a partir de uma perspectiva totalmente original: a idéia de que Michael Jackson viveu sua vida sob a sombra do "colonialismo mental'' das pessoas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...